CC BY-NC-ND 4.0 · Rev Bras Ortop (Sao Paulo) 2020; 55(04): 507
DOI: 10.1055/s-0040-1715654
In Memoriam

ROBERTO ATTILIO LIMA SANTIN: Os sons de uma bela história

Article in several languages: português | English
1  Claudio Santili, PhD, Faculdade de Ciências Médicas, Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, São Paulo, SP, Brasil
,
2  Departamento de Ortopedia e Traumatologia, Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, São Paulo, SP, Brasil
› Author Affiliations
 
    Zoom Image
    Dr. Roberto Santili

    De uma forma poética, poderíamos traçar um paralelo entre a ortopedia brasileira e a música no mundo. Nos meados dos anos 60, começava a popularização do rock e, para melhorar as performances individuais, surgiram as formações dos “conjuntos” caracterizados por grupos de quatro ou cinco jovens músicos. Foram quartetos geniais como os Beatles e Creedence Clearwater Revival ou quintetos, como os Rolling Stones. A renovação ocorreu em várias áreas do conhecimento, e assim como na música, tivemos aqui na ortopedia nacional a formação de diversos núcleos de excelência. Na Santa Casa de São Paulo, um grupo de jovens médicos recém-chegados se embalou nos modernos conceitos e tendências e acreditou nas reformas propostas pelo competente caçador de talentos José Soares Hungria Filho.

    Num ato de invejável serendipidade, ao estabelecer a carga horária de “período integral”, o Prof. Hungria acabou com a zona de conforto em que vivia grande parte do “staff” mais antigo e injetou sangue novo no Pavilhão. Sob nova filosofia e com grande entusiasmo, despontou um quarteto fantástico de jovens, esforçados e talentosos, que era composto por Andrea Sérgio Aristide Rudelli, Elio Consentino, José Carlos Lopes Prado e Roberto Attilio Lima Santin. Advindos de várias regiões do estado, destacaram-se dentre outros nos primórdios da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo. Conquistaram espaço e respeitabilidade, primeiro na ortopedia nacional e depois mundo afora, levando o nome e a marca Pavilhão.

    Tudo como se fosse uma orquestra na sintonia de uma música, em que as partituras haviam sido distribuídas, e cada um teve o seu preparo e desempenho. Estilos diferentes, mas afinados no objetivo “conjunto” : o crescimento científico do Serviço.

    O Santin destacou-se com sua expertise inicialmente focada nas afecções do pé, e depois concomitantemente passou de forma pioneira pela abordagem cirúrgica da pélvis e do acetábulo, devido à sua destreza cirúrgica. Dentre outros feitos, foi também fundador e presidente da Sociedade Brasileira de Fixadores Externos.

    Como presidente da regional da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia de São Paulo ( SBOT-SP), criou os cursos itinerantes nas subregiões do Estado e foi um sucesso. Na presidência da SBOT nacional, ao altruísmo somou-se de forma despojada ao seu vice Gilberto Camanho e trouxeram a sede própria para a Rua Lorena. Grande mérito político-administrativo.

    Era tão hábil nas cirurgias quanto na lida com os colegas. Elegante, conseguia, com facilidade, ensinar a operar e aproximar pessoas.

    Ético e preparado, tinha prazer de ensinar e sabia como poucos potencializar e alavancar talentos de jovens profissionais. Poder-se-ia sim dizer que o Prof. Santin na sua vida e na sua prática ortopédica lidava com habilidade no trato social, sendo reconhecido o seu estilo agregador.

    Foi um verdadeiro embaixador da Ortopedia do Pavilhão Fernandinho Simonsen nos contatos que fazia dentro e fora da instituição. Somou muito valor ao conceito Pavilhão!

    Na lisura de sua trajetória, compôs com diplomacia e elegância sua música de vida. Na partitura, a letra inflexível calcada no conhecimento médico ortopédico e na sua habilidade para operar. Na harmonia, leve e solta, esbanjou com humildade a facilidade de lidar e ensinar pessoas.

    Adeus, Comendador Santin!

    O Adeus dos seus colegas e amigos do Pavilhão Fernandinho Simonsen!


    #

    No conflict of interest has been declared by the author(s).

    Endereço para correspodência

    Claudio Santili
    Faculdade de Ciências Médicas, Santa Casa de Misericórdia de São Paulo
    São Paulo, SP
    Brasil   

    Publication History

    Publication Date:
    31 August 2020 (online)

    © 2020. The Author(s). This is an open access article published by Thieme under the terms of the Creative Commons Attribution-NonDerivative-NonCommercial-License, permitting copying and reproduction so long as the original work is given appropriate credit. Contents may not be used for commercial purposes, or adapted, remixed, transformed or built upon. (https://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/).

    Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia. Published by Thieme Revinter Publicações Ltda
    Rio de Janeiro, Brazil

    Zoom Image
    Dr. Roberto Santili
    Zoom Image
    Dr. Roberto Santili