CC BY-NC-ND 4.0 · Rev Bras Ortop (Sao Paulo) 2021; 56(04): 453-458
DOI: 10.1055/s-0040-1718950
Artigo Original
Coluna

Eficácia da biópsia vertebral percutânea guiada por fluoroscopia[*]

Article in several languages: português | English
1  Cirurgia de Coluna, Departamento de Neurocirurgia, Hospital Regional de Alta Especialidad del Bajío, Universidad de Guanajuato, León, Guanajuato, México
,
2  Departamento de Neurocirurgia, Hospital Regional de Alta Especialidad del Bajío, Universidad de Guanajuato, León, Guanajuato, México
,
3  Neurocirurgia Pediátrica, Departamento de Neurocirurgia, Hospital Regional de Alta Especialidad del Bajío, Universidad de Guanajuato, León, Guanajuato, México
,
4  Cirurgia Ortopédica, Departamento de Cirurgia Ortopédica e Traumatologia, Centenario Hospital Miguel Hidalgo, Aguascalientes, Aguascalientes, México
› Author Affiliations

Resumo

Objetivo Definir a eficácia da biópsia vertebral percutânea guiada por fluoroscopia.

Métodos Este é um estudo prospectivo de pacientes com síndrome de destruição vertebral em uma instituição. Os pacientes foram submetidos a biópsias vertebrais transpediculares percutâneas guiadas por fluoroscopia, com obtenção de tecido ósseo e tecido do disco intervertebral, para estudo histopatológico e microbiológico. Idade, sexo, segmento vertebral, estado neurológico, e resultados de biópsia e de cultura foram analisados.

Resultados A idade média dos pacientes foi de 53,8 anos (gama: 2 a 83 anos), e o principal local acometido da coluna foi a segmento lombar, em 62% dos casos. Segundo a escala de disfunção da American Spinal Injury Association (ASIA), no pré-operatório, 49% dos pacientes foram classificados como ASIA E, e 100% apresentavam dor. A etiologia definitiva foi identificada em 83% dos pacientes. A etiologia foi agrupada em três categorias: infecciosa, neoplásica, e degenerativa (osteoporótica). O grupo infeccioso era composto por 36% dos pacientes da amostra, e Staphylococcus aureus foi o agente mais comumente identificado; em 34,9% dos casos, a etiologia era neoplásica, principalmente mieloma múltiplo e doença metastática por câncer de próstata; 21,7% dos pacientes apresentavam osteoporose. O tempo cirúrgico médio foi de 47,5 minutos, e a perda média de sangue foi de 10 mL. Nenhuma complicação foi relatada.

Conclusão Nesta série, a biópsia percutânea transpedicular guiada por fluoroscopia teve 83% de eficácia no diagnóstico etiológico da síndrome de destruição vertebral. Este procedimento minimamente invasivo deve ser considerado bom, fácil, barato e reprodutível, com baixo risco de complicações em curto e longo prazos.

Suporte Financeiro

Não houve suporte financeiro de fontes públicas, comerciais, ou sem fins lucrativos.


* Estudo desenvolvido no Hospital Regional de Alta Especialidad del Bajío, Universidad de Guanajuato, Guanajuato, México.




Publication History

Received: 19 March 2020

Accepted: 06 July 2020

Publication Date:
30 August 2021 (online)

© 2021. Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia. This is an open access article published by Thieme under the terms of the Creative Commons Attribution-NonDerivative-NonCommercial License, permitting copying and reproduction so long as the original work is given appropriate credit. Contents may not be used for commecial purposes, or adapted, remixed, transformed or built upon. (https://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/)

Thieme Revinter Publicações Ltda.
Rua do Matoso 170, Rio de Janeiro, RJ, CEP 20270-135, Brazil