CC BY-NC-ND 4.0 · Rev Bras Ortop (Sao Paulo) 2020; 55(06): 715-721
DOI: 10.1055/s-0040-1708515
Artigo Original
Quadril

Resultados funcionais do tratamento artroscópico no impacto femoroacetabular em pacientes com mais de 60 anos em comparação com pacientes com 40 anos ou menos[*]

Article in several languages: português | English
1  Unidade de Preservação do Quadril, Instituto de Doenças Osteoarticulares, Centro Médico Imbanaco, Cali, Colômbia
,
2  Centro Médico Imbanaco, Pontificia Universidad Javeriana de Cali, Cali, Colômbia
,
2  Centro Médico Imbanaco, Pontificia Universidad Javeriana de Cali, Cali, Colômbia
,
2  Centro Médico Imbanaco, Pontificia Universidad Javeriana de Cali, Cali, Colômbia
,
3  Centro Médico Imbanaco, Research Institute, Cali, Colômbia
› Author Affiliations

Resumo

Objetivo Avaliar os resultados funcionais de pacientes diagnosticados com impacto femoroacetabular (IFA) e com mais de 60 anos de idade em comparação aos resultados de pacientes com até 40 anos de idade.

Métodos Esta é uma revisão retrospectiva de pacientes com IFA submetidos à artroscopia do quadril entre 2010 e 2015. Os pacientes eram adultos com mais de 60 anos de idade e Tönnis ≤ 1, alocados na proporção de 1:1 com adultos de até 40 anos de idade, de acordo com o tipo de deformidade (came, pincer, ou misto), sexo e data de realização da cirurgia.

Resultados Trinta e quatro pacientes foram incluídos em cada grupo. A idade média foi de 30,6 ± 6,9 anos e 65,6 ± 4,6 anos nos grupos controle e de casos, respectivamente. Não houve diferenças significativas entre os grupos no acompanhamento de 1 ano (p > 0.05). No primeiro ano após a cirurgia, a pontuação Western Ontario and McMaster Universities Osteoarthritis Index (WOMAC) passou de 46,3 para 22,0 no grupo de pacientes mais velhos (casos) e de 38,1 para 7,2 no grupo controle em comparação ao estágio pré-operatório.

Conclusão O grupo de pacientes com até 40 anos de idade apresentou uma mudança considerável na pontuação WOMAC, mas sem significado estatístico em comparação ao grupo de pacientes acima de 60 anos. Essa observação sugere que a artroscopia do quadril é benéfica quando a seleção de pacientes com IFA é apropriada, independentemente da idade dos indivíduos.

* Trabalho realizado na Unidade de Preservação do Quadril, Instituto de Doenças Osteoarticulares, Centro Médico Imbanaco, Cali, Colômbia.




Publication History

Received: 13 December 2018

Accepted: 20 December 2019

Publication Date:
02 April 2020 (online)

© 2020. Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia. This is an open access article published by Thieme under the terms of the Creative Commons Attribution-NonDerivative-NonCommercial License, permitting copying and reproduction so long as the original work is given appropriate credit. Contents may not be used for commercial purposes, or adapted, remixed, transformed or built upon. (https://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/)

Thieme Revinter Publicações Ltda.
Rua do Matoso 170, Rio de Janeiro, RJ, CEP 20270-135, Brazil