CC BY-NC-ND 4.0 · International Journal of Nutrology 2017; 10(S 01): S319-S321
DOI: 10.1055/s-0040-1705656
ARTIGO ORIGINAL
Thieme Revinter Publicações Ltda Rio de Janeiro, Brazil

Indicações e contra-indicações no transplante hepático pediátrico

Gilda Porta
1  Prof Livre Docente Dep. de Pediatria USP, médica do grupo de transplante hepático do Hospital Sirio Libanês e AC Camargo Cancer Center. Responsavel pela unidade de Hepatologia Pediátrica do Instituto da Criança HC-FMUSP
,
Marise H C Tofoli
2  Mestre em Saúde da Criança e Adolescente da Unicamp, Preceptora dos residentes de pediatria do Hospital Infantil de Goiás, Diretora de eventos da Sociedade Goiana de Pediatria
› Author Affiliations
Further Information

Publication History

30 August 2016

30 September 2016

Publication Date:
17 February 2020 (online)

RESUMO

Avanços nas técnicas cirúrgicas e nos imunossupressores propiciaram melhor prognósticos dos pacientes eleitos para transplante hepático pediátrico. Muitas dúvidas ainda surgem quanto as indicações de transplante. É importante ressaltar que na infância o tempo de desconpensação hepática pode ocorrer de forma mais rápida que no adulto. E os principais sintomas são : colestase progressiva, encefalopatia, ascite, sangramento por varizes de esôfago, síndrome hepatopulmonar, desnutrição, infecções de repetição, disfunção hepática, prurido incapacitante e retardo no crescimento e desenvolvimento.

ABSTRACT

Advances in cirurgical techniques and immunessupressores result in better prognosis of patients elected to pediatric liver transplant. Many questions still arise as the transplant indications. Notes that in childhood the liver failure can occur faster than in adults. The main symptons are: progressive cholestasis, encephalopathy, ascites, bleeding of esophageal varices, Hepatopulmonary syndrome, malnutrition, recurrent infections, liver dysfunction, disabling itching and delayed growth and development.