CC BY-NC-ND 4.0 · Rev Bras Ortop (Sao Paulo) 2021; 56(01): 078-082
DOI: 10.1055/s-0040-1701288
Artigo Original
Ombro e Cotovelo

Estudo duplo-cego randomizado da correlação entre radiografia simples e ressonância magnética na avaliação do ângulo crítico do ombro: Reprodutibilidade e curva de aprendizado[*]

Article in several languages: português | English
1  Instituto NAEON, São Paulo, SP, Brasil
,
Leandro Sossai Altoe
1  Instituto NAEON, São Paulo, SP, Brasil
,
Rachel Felix Muffareg do Amaral
2  Diagnósticos da América S/A (Dasa), São Paulo, SP, Brasil
,
Andre Yui Aihara
2  Diagnósticos da América S/A (Dasa), São Paulo, SP, Brasil
3  Departamento de Radiologia, Universidade Federal de São Paulo, São Paulo, SP, Brasil
,
Hilton Vargas Lutfi
1  Instituto NAEON, São Paulo, SP, Brasil
,
Marcelo Boulos Dumans Mello
1  Instituto NAEON, São Paulo, SP, Brasil
› Author Affiliations

Resumo

Objetivo Avaliar a confiabilidade da obtenção do ângulo crítico do ombro (ACO) na ressonância magnética (RM) comparada com esse mesmo ângulo obtido por meio de radiografias, e avaliar a curva de aprendizado do método.

Métodos As imagens de radiografias e RMs de 15 pacientes foram avaliadas prospectivamente de forma cega e randômica. O ACO foi medido e comparado entre os grupos e subgrupos.

Resultados A média dos ACOs nas imagens de radiografia foi de 34,61° ± 0,67, e, na RM, 33,85° ± 0,53 (p = 0,29). Não houve diferença estatisticamente significativa. Houve curva de aprendizado progressiva na regressão linear entre os subgrupos, de especializando em ombro a especialista e radiologista.

Conclusão Não houve diferença estatisticamente significativa entre o ACO por imagens de radiografia e RM. O método da RM parece ter sua eficiência associada a avaliadores mais experientes. Independente da experiência do avaliador, a variabilidade dos dados foi menor nas avaliações por RM.

* Trabalho desenvolvido no Núcleo Avançado de Estudos em Ortopedia e Neurocirurgia (Naeon) e Diagnósticos da América S/A (Dasa), São Paulo, SP, Brasil.




Publication History

Received: 10 March 2019

Accepted: 30 October 2019

Publication Date:
27 April 2020 (online)

© 2020. Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia. This is an open access article published by Thieme under the terms of the Creative Commons Attribution-NonDerivative-NonCommercial License, permitting copying and reproduction so long as the original work is given appropriate credit. Contents may not be used for commercial purposes, or adapted, remixed, transformed or built upon. (https://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/)

Thieme Revinter Publicações Ltda.
Rua do Matoso 170, Rio de Janeiro, RJ, CEP 20270-135, Brazil