CC BY-NC-ND 4.0 · Rev Bras Ortop (Sao Paulo) 2020; 55(01): 054-061
DOI: 10.1055/s-0039-1700812
Artigo Original
Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia. Published by Thieme Revinter Publicações Ltda Rio de Janeiro, Brazil

Tradução, adaptação cultural e confiabilidade da versão em português brasileiro do questionário DRAM para avaliação psicométrica em dor lombar[]

Article in several languages: português | English
1  Instituto de Ortopedia e Traumatologia, Hospital das Clinicas, Faculdade de Medicina, Universidade de Sao Paulo, Sao Paulo, SP, Brazil
,
Alberto Jacob
1  Instituto de Ortopedia e Traumatologia, Hospital das Clinicas, Faculdade de Medicina, Universidade de Sao Paulo, Sao Paulo, SP, Brazil
,
Thiago Bonato de Amorim
1  Instituto de Ortopedia e Traumatologia, Hospital das Clinicas, Faculdade de Medicina, Universidade de Sao Paulo, Sao Paulo, SP, Brazil
,
Alex Oliveira de Araújo
1  Instituto de Ortopedia e Traumatologia, Hospital das Clinicas, Faculdade de Medicina, Universidade de Sao Paulo, Sao Paulo, SP, Brazil
,
Alexandre Fogaça Cristante
1  Instituto de Ortopedia e Traumatologia, Hospital das Clinicas, Faculdade de Medicina, Universidade de Sao Paulo, Sao Paulo, SP, Brazil
› Author Affiliations
Further Information

Publication History

13 August 2018

27 November 2018

Publication Date:
28 February 2020 (online)

Resumo

Objetivo A partir de estudos sobre a fisiologia da dor e suas relações com estados psicológicos, tornou-se essencial a avaliação psicológica dos indivíduos com quadros dolorosos, para selecionar os perfis mais favoráveis às diferentes formas de tratamento. O questionário Distress Risk Assessment Method (DRAM, na sigla em inglês) foi desenvolvido como instrumento de triagem para portadores de dor na coluna vertebral subclassificando os indivíduos em quatro grupos distintos (normal, sob risco, somático e depressivo), conforme a pontuação dos dois questionários que compõem o DRAM (Questionário Modificado de Percepção Somática [MSPQ, na sigla em inglês] e Zung). O objetivo do presente estudo é traduzir e adaptar o DRAM para o português brasileiro da versão original em inglês, além de analisar a confiabilidade da versão traduzida e adaptada.

Método Segundo a metodologia International Quality of Life Assessment (IQOLA), consagrada em inúmeras publicações, foi desenvolvida uma versão em português brasileiro que foi aplicada a uma amostra de 85 indivíduos dos 3 centros participantes portadores de dor lombar.

Resultados Os resultados comprovaram a confiabilidade e reprodutibilidade da versão traduzida e adaptada do questionário DRAM com índice de Cronbach alfa de 0,815 para o MSPQ e de 0,794 para o Zung, e coeficiente de correlação intraclasse de 0,688 para o MSPQ e de 0,659 para o Zung.

Conclusão Tais dados permitiram concluir que a versão do questionário DRAM traduzida e adaptada culturalmente para o português brasileiro é confiável e está disponível para uso na prática clínica.

Trabalho realizado no Instituto de Ortopedia e Traumatologia, Hospital das Clinicas HCFMUSP, Faculdade de Medicina, Universidade de São Paulo, São Paulo, SP, Brasil.