CC BY-NC-ND 4.0 · International Journal of Nutrology 2018; 11(S 01): S24-S327
DOI: 10.1055/s-0038-1675036
Trabalhos Científicos
Thieme Revinter Publicações Ltda Rio de Janeiro, Brazil

Suplementação no Esporte – uma Revisão

Ana Carolina Miranda Marzullo
1  Fundação Técnico Educacional Souza Marques
,
Carla Alves Lemos
1  Fundação Técnico Educacional Souza Marques
,
Eduardo Amar Ferreira
1  Fundação Técnico Educacional Souza Marques
,
Juliana Peixoto de Miranda Gomes
1  Fundação Técnico Educacional Souza Marques
,
Lara Monteiro Porcel Valladares
1  Fundação Técnico Educacional Souza Marques
,
Luma Natachi Paulino Machado
1  Fundação Técnico Educacional Souza Marques
,
Natalia Thomaz Almeida de Oliveira Range
1  Fundação Técnico Educacional Souza Marques
,
Paula Massari Machado
1  Fundação Técnico Educacional Souza Marques
,
Pedro Rey Cardoso
1  Fundação Técnico Educacional Souza Marques
› Author Affiliations
Further Information

Publication History

Publication Date:
27 September 2018 (online)

 

Introdução: com o crescente número de frequentadores de academias, observa-se também o aumento da procura por recursos que melhorem não apenas o desempenho físico, mas possibilitem modificações na composição corporal a curto prazo. a finalidade dos suplementos é complementar as necessidades nutricionais e não substituí-las e os efeitos mais relevantes esperados são aumento da mobilização de substratos para a musculatura, das reservas energéticas, do anabolismo proteico e decréscimo na percepção de esforço.

Objetivo: Orientar os profissionais a indicar e instruir os praticantes de atividade física no uso correto dos principais suplementos alimentares no mercado. os suplementos considerados nesse trabalho são: BCAA, whey protein, glutamina, creatina e maltodextrose.

Metodologia: Realizou-se levantamento bibliográfico nas bases de dados Google Acadêmico e Scielo. Selecionou-se 35 artigos, publicados nos últimos 20 anos. os seguintes descritores foram utilizados: maltodextrina, BCAA, creatina, glutamina, whey protein, suplementos alimentares, prática de esportes, exercise, esporte, atividade física.

Resultados: Estudos indicam que o BCAA auxilia na elevação dos níveis de energia durante o treino, além de impedir o catabolismo, reduzir a fadiga física/mental, ajudando a minimizar os danos musculares resultante das práticas esportivas. a ingestão de whey protein auxilia na recuperação e síntese proteica, além de diminuir a fadiga e a gordura corporal. por outro lado, uma ingesta excessiva e inapropriada pode prejudicar a saúde, sobrecarregando as funções hepáticas e renais, além de aumentar a porcentagem de gordura corporal. Nota-se na literatura uma associação entre glutamina e anabolismo celular, redução do catabolismo e combate a imunossupressão. Possui também papel modulador na síntese proteica. o consumo de creatina pode acarretar benefícios às práticas de esporte, pois melhora o desempenho e a força muscular, porém tal efeito varia de acordo com o metabolismo individual. Não foram encontradas evidências de melhoria ou queda no rendimento dos atletas quando observado o uso de maltod .

Conclusão: os suplementos objetivam complementas as necessidades nutricionais e são importantes para manutenção da saúde, da forma física, aumento da força e massa muscular e aperfeiçoamento da performance. Todavia, a utilização equivocada pode acarretar riscos à saúde, sendo necessário prescrição adequada.