CC BY-NC-ND 4.0 · Arquivos Brasileiros de Neurocirurgia: Brazilian Neurosurgery 2018; 37(S 01): S1-S332
DOI: 10.1055/s-0038-1672573
E-Poster – Spine
Thieme Revinter Publicações Ltda Rio de Janeiro, Brazil

Sarcoma sinovial da coluna cervical: relato de caso

Marcelle Rehem Machado
1  Hospital de Base do Distrito Federal
,
Rodrigo Carvalho Diniz
2  Hospital Regional do Paranoá
,
Paulo Augusto Souza Lara Leão
1  Hospital de Base do Distrito Federal
,
Antônio Jorge Barbosa de Oliveira
1  Hospital de Base do Distrito Federal
,
Rafaella Rehem Machado
3  Fundação Oswaldo Aranha
› Author Affiliations
Further Information

Publication History

Publication Date:
06 September 2018 (online)

 

Apresentação de caso: Apresentamos relato de caso de um paciente do sexo masculino, 20 anos, com história de 1 mês de dor intensa em transição cervicotorácica evoluindo rapidamente para tetraparesia de predomínio crural. Ressonância magnética de coluna cervical demonstrava volumosa lesão expansiva em C6 estendendo-se para partes moles paravertebrais posteriores e ao espaço epidural do canal espinhal no segmento C4–C7, determinando compressão medular e comprometendo os neuroforames no nível C5–C6. Paciente foi submetido à ressecção da lesão via posterior e artrodese cervicotorácica. Exame anatomopatológico revelou neoplasia fusocelular, cuja imuno-histoquímica demonstrou tratar-se de sarcoma sinovial bifásico positivo: para NY-ESO, TLE1, EMA e negativo para CD34, Desmina, Ptn S-100. Houve melhora motora e álgica importante no primeiro mês pós-operatório com piora em seguida antes do início da terapia adjuvante. Radioterapia seguida de quimioterapia mantiveram bons resultados clínicos após a cirurgia.

Discussão: Sarcoma sinovial é tumor maligno raro de tecidos moles, de origem mesenquimal, com maior frequência reportada em adultos jovens. A maioria deles ocorre próximo a articulações de membros superiores ou inferiores e seu aparecimento na coluna é extremamente raro, com poucos casos descritos na literatura médica, até a presente data. O diagnóstico requer além de exames de imagem, análise imuno-histoquímica. O prognóstico geralmente é desfavorável.

Comentários finais: Por se tratar de condição rara, o sarcoma sinovial é pouco descrito na literatura e novos relatos e estudos de casos são de relevância irrefutável para melhor compreensão, diagnóstico mais preciso e consequente tratamento mais eficaz da afecção.