CC BY-NC-ND-license · Rev Iberoam Cir Mano 2010; 38(01): 040-046
DOI: 10.1055/s-0037-1606766
Original Article | Artículo Original
Thieme Revinter Publicações Ltda Rio de Janeiro, Brazil

Artroplastia total do punho na artrite reumatóide. Resultados dos primeiros 11 doentes operados

Total wrist arthroplasty in rheumatoid arthritis. Results of the first 11 cases
C. Silva
1  Assistente Hospitalar Graduado De Ortopedia Serviço De Ortopedia. Hospital De Santo António – Centro Hospitalar do Porto. Portugal
,
M. Trigueiros
2  Assistente Hospitalar De Ortopedia Serviço De Ortopedia. Hospital De Santo António – Centro Hospitalar do Porto. Portugal
,
R. Lemos
1  Assistente Hospitalar Graduado De Ortopedia Serviço De Ortopedia. Hospital De Santo António – Centro Hospitalar do Porto. Portugal
,
R. Claro
3  Interno Complementar De Ortopedia Serviço De Ortopedia. Hospital De Santo António – Centro Hospitalar do Porto. Portugal
,
C. Santos
3  Interno Complementar De Ortopedia Serviço De Ortopedia. Hospital De Santo António – Centro Hospitalar do Porto. Portugal
,
H. Castro
4  Interno Complementar De Fisiatria Serviço De Ortopedia. Hospital De Santo António – Centro Hospitalar do Porto. Portugal
› Author Affiliations
Further Information

Publication History

Publication Date:
13 September 2017 (online)

Sendo a artrite reumatóide, a principal indicação para a artroplastia total do punho, pretendemos com o este estudo, analisar a experiência com os implantes utilizados na nossa instituição. Avaliamos retrospectivamente 12 próteses colocadas em 11 doentes, utilizando a Universal 2 em 8 casos e a ReMotion em 4. Com um seguimento médio de 33 meses (rango = 15-59), obtivemos melhoria significativa da dor em todos os doentes; registamos incremento das amplitudes articulares e força, em média de 5,8º na flexão, 15,7º na extensão, 3,3º no desvio radial, 6º no cubital, de 22º na pronação, 26º na supinação e 5,4 e 1 kg para força de preensão da mão e de pinça. O DASH, avaliado na maioria dos doentes, teve melhoria média de 19 pontos. Como complicações houve um hematoma e uma deiscência com necrose dos bordos da ferida cirúrgica; um caso revelou sinais de descelamento do componente radial, no entanto sem repercussões significativas no resultado clínico e não registamos instabilidades. Até à data, nenhum doente foi reoperado. A artroplastia total punho revelou-se um procedimento eficaz no tratamento da artrite reumatóide, com uma baixa taxa de complicações. Apesar de não possuirmos tempo de evolução a longo prazo, os implantes revelaram uma fixação estável ao osso na grande maioria dos casos.

The rheumatoid arthritis is the main indication for total wrist arthroplasty. The goal of this study is to analyze the experience with the implants used at our department. We have retrospectively reviewed 12 prosthesis operated on 11 patients. There were 8 Universal 2 wrist system and 4 ReMotion wrist system. The average follow-up was 33 months (range 15-59). Pain has been successfully relived in all patients; range of motion has respectively increased 5,8º e 15,7º for flexion and dorsiflexion, de 3,3º e 6º for radial and ulnar deviation, 22º and 26º for pronation and supination. Grip and pinch has respectively increased 5,4 and 1 kg. DASH has been evaluated in most patients with an average improvement of 19 points. As complications, we have an hematoma and a superficial skin necrosis. Radiological examination has revealed loosening of one radial component. At the time, none of the patients needed to be reoperated. In our experience, total wrist arthrosplasty, has been a successful procedure in treatment of rheumatoid arthritis, with a low rate of complications. Even though we have not a long term follow-up, the implants have revealed a durable bone fixation in almost cases.