CC BY-NC-ND 4.0 · Rev Bras Ortop (Sao Paulo) 2019; 54(01): 020-025
DOI: 10.1016/j.rbo.2017.09.011
Original Article | Artigo Original
Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia. Published by Thieme Revnter Publicações Ltda Rio de Janeiro, Brazil

Desenvolvimento de um guia paciente-específico para fixação de coluna cervical alta[*]

Article in several languages: português | English
1  Hospital Universitário Cajuru, Pontifícia Universidade Católica do Paraná, Curitiba, PR, Brasil
,
Emiliano Neves Vialle
1  Hospital Universitário Cajuru, Pontifícia Universidade Católica do Paraná, Curitiba, PR, Brasil
,
José Aguiomar Foggiattob
2  Núcleo de Prototipagem Ferramental, Departamento de Mecânica, Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Curitiba, PR, Brasil
,
Kayo Winiccius Samuel Neves e Silva
2  Núcleo de Prototipagem Ferramental, Departamento de Mecânica, Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Curitiba, PR, Brasil
,
Heraldo de Oliveira Mello Neto
3  Serviço de Radiologia, X-Leme, Curitiba, PR, Brasil
› Author Affiliations
Further Information

Publication History

16 August 2017

05 September 2017

Publication Date:
01 March 2019 (online)

Resumo

Objetivos

A fixação de coluna cervical alta pode representar um desafio para os cirurgiões de coluna devido à anatomia complexa e aos riscos de lesão vascular e medular. Os recentes avanços com a tecnologia de impressão 3 D abriram um novo leque de opções para os cirurgiões.

Métodos

Desenvolveu-se um guia para a adaptação de parafusos de massa lateral em C1 com auxílio de impressão 3 D. Foram confeccionados oito modelos em tamanho real de coluna cervical alta e seus respectivos guias com base em tomografias computadorizadas. Os fios-guia foram introduzidos com o auxílio dos guias; os modelos foram analisados com auxílio de tomografia computadorizada.

Resultados

Todos os fios-guia avaliados no estudo apresentaram um trajeto seguro nos modelos, respeitaram as superfícies articulares superiores e inferiores, o canal vertebral e a artéria vertebral.

Conclusão

O estudo demonstrou que o guia tem boa eficácia, é uma ferramenta confiável para auxiliar a adaptação de fios-guia para parafusos em massas laterais de C1.

* Trabalho desenvolvido no Hospital Universitário Cajuru, Curitiba, PR, Brasil. Publicado originalmente por Elsevier Editora Ltda. © 2018 Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia.